Clinica Crescer

Uma semana após o crime, família de marchante assassinado em Cajazeiras, pede justiça, e convida amigos para missa de Sétimo Dia

Messias foi assassinado com um tiro de espingarda calibre 12, enquanto travalhava, no final do mês de novembro, no Centro de Cajazeiras-PB.

Por Redação em 06/12/2019 às 15:13:38

Os familiares do popular Manoel Messias Braga Gonçalves, (Messias Marchante), que foi assassinado no final do mês de novembro, usaram as redes sociais para cobrar Justiça das autoridades.

Messias foi assassinado com um tiro de espingarda calibre 12, enquanto trabalhava, no final do mês de novembro, no Centro de Cajazeiras-PB.

Segundo informações, o crime teria ocorrido devido uma discussão por conta de uma poda de árvore, dentro do Açougue Municipal.

Os suspeitos de praticar o crime, foram identificados como Rodolfo Barbosa Nascimento, de 21 anos, e Francisco Ronaldo Batista, conhecido como "Toca de Antônio Coró", ambos foragidos desde então.

A família pede justiça, e clama à população, que caso saibam o paradeiro dos acusados, que denunciem através do 197, ou pelo 190.

A Missa de Sétimo Dia de Messias Marchante, está marcada para esta sexta-feira (06), às 19h00, na Igreja São João Bosco, em Cajazeiras.

Confira abaixo o apelo dos familiares nas redes sociais:


Fonte: Sertão da Paraíba

Una Extintores Cajazeiras-PB
Cajazeiras Gesso

Comentários

Serrararia Padre Cicero