Clinica Crescer

Paraná registra mais de 2 mil novos casos de dengue em apenas três semanas

Por Redação em 07/01/2020 às 18:02:20

160 municípios apresentam casos confirmados e 274 têm notifica√ß√Ķes da doen√ßa, que incluem os casos suspeitos e em investiga√ß√£o. S√£o 23.141notifica√ß√Ķes em todo o Estado. Este monitoramento come√ßou em agosto de 2019.

"Estamos em alerta total no Estado, apoiando as a√ß√Ķes de combate realizadas pelos municípios e orientando a popula√ß√£o por meio de campanha de preven√ß√£o destacando que Dengue Mata e que é preciso uma mudan√ßa de atitude no que diz respeito aos cuidados nos nossos domicílios, eliminando os criadouros do mosquito que transmite a dengue. Vale repetir sempre que cerca de 80% dos criadouros est√£o nas casas, nos quintais e ambientes internos; por isso é necess√°rio uma verifica√ß√£o semanal. É um dever como cidad√£o", afirma o secret√°rio de Estado da Saúde Beto Preto.

Hoje, s√£o 15 municípios em situa√ß√£o de epidemia: Juranda, Peabiru, Diamante do Norte e Guaira√ß√°, entraram neste mês para a rela√ß√£o; Nova Cantu, Quinta do Sol, Inaj√°, Santa Isabel do Ivaí, √āngulo, Colorado, Doutor Camargo, Floraí, Paranacity, Uniflor e Florestópolis j√° estavam na rela√ß√£o e seguem em epidemia. As cidades est√£o localizadas nas regi√Ķes de Campo Mour√£o, Paranavaí, Maring√° e Londrina.

Os municípios com maior número de casos confirmados s√£o Santa Isabel do Ivaí, na regi√£o Noroeste, com 746 casos; Nova Cantu, na regi√£o Centro-Oeste, com 540 casos ; Inaj√°, também na regi√£o Noroeste, com 504 casos; Paranavaí,no Noroeste, com 429 casos, e Quinta do Sol, no Centro-Oeste, com 368. Nesta soma est√£o incluídos casos autóctones, importados e em investiga√ß√£o quanto à autoctonia.

O boletim destaca ainda outras situa√ß√Ķes preocupantes, como a de Florestópolis, que faz parte da 17¬™ Regional de Londrina: o município, com cerca de 11 mil habitantes tem 169 casos confirmados de dengue e Londrina, com 564 mil moradores, tem 148 casos.

O secret√°rio Beto Preto esteve em Florestópolis recentemente para acompanhar as a√ß√Ķes de mobiliza√ß√£o e combate à dengue. Na cidade est√£o acontecendo arrast√Ķes para remo√ß√£o de criadouros, remo√ß√£o de lixo nas encostas e terrenos baldios, capacita√ß√£o de profissionais que atuam na Vigil√Ęncia, orienta√ß√£o à popula√ß√£o, busca ativa por pessoas notificadas com dengue, além de acompanhamento de pacientes com suspeita da doen√ßa.

"A estratégia é intensificar os mutir√Ķes de limpeza e a verifica√ß√£o de possíveis criadouros do mosquito com a participa√ß√£o da comunidade e órg√£os públicos", salientou o secret√°rio, que também esteve nos municípios de Quinta do Sol e Matinhos participando das atividades de combate ao mosquito "Aedes aegypti".

De agosto de 2019 até o momento o boletim da SESA e o SINAN – Sistema Nacional de Agravos de Notifica√ß√Ķes – confirmam duas mortes por dengue no Estado, no município de Nova Cantu. Os dois óbitos ocorreram no final do ano passado, um em novembro e o outro em dezembro.

Comitê

O Comitê Intersetorial de Controle da Dengue no Estado do Paran√°, instituído em 18 de dezembro pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior, far√° a sua primeira reuni√£o nesta quinta-feira, dia 9. O Comitê, coordenado pela secretaria da Saúde, é formado por representantes de órg√£os e secretariais do Governo do Estado, e tem o objetivo de implementar a√ß√Ķes de mobiliza√ß√£o para a intensifica√ß√£o do combate à dengue.

A reuni√£o ser√° no auditório da SESA, a partir das 14h.

Fonte: Banda B

Una Extintores Cajazeiras-PB
Cajazeiras Gesso

Coment√°rios

Serrararia Padre Cicero