Clinica Crescer

Lindolfo Pires mandava recado para receber

Por BlogdoLevi em 13/01/2020 às 16:57:47

Em novo trecho vazado da delação premiada da ex-secretária Livânia Maria da Silva Farias revelou que entre os anos de 2013 e 2014, alguns deputados estaduais recebiam pagamentos mensais como forma de propina. Ela afirmou que os deputados que estariam recebendo para votar de acordo com o governo eram Antônio Mineral, Branco Mendes, Eva Gouveia, João Gonçalves, Lindolfo Pires, Márcio Roberto e Tião Gomes.

A delatora confessou que entre 2013 e 2014 os repasses eram feitos com recursos dos contratos do Governo do Estado com a Cruz Vermelha Brasileira, porém repassados pelo empresário Roberto Santiago, dono do "Manaíra Shopping" que se ofereceu para melhorar a relação dos deputados com o governo.

Segundo Livânia Farias, os valores variavam entre R$ 30 mil e R$ 50 mil para um grupo de nove deputados e alguns iam buscar o dinheiro pessoalmente, outros não procuravam e no caso do sousense Lindolfo Pires, chegava recado através de colegas parlamentares.

"Lindolfo geralmente mandava recado ou por Adriano (Galdino) ou por Branco (Mendes) porque como eles conversavam muito, então um chegava para falar em nome dos outros", disse.

Confira o Vídeo:


Una Extintores Cajazeiras-PB
Cajazeiras Gesso

Comentários

Serrararia Padre Cicero