Clinica Crescer

Chocante: catadora de reciclagem é brutalmente agredida e filmada em Cajazeiras; vídeo

A polícia militar esteve no local dando apoio ao SAMU e orientou a família a prestar um B.O. na delegacia.

Por Redação em 18/01/2020 às 10:40:01

De acordo com informações repassadas a nossa reportagem, na noite desta sexta-feira (17), uma jovem, identificada como Damiana Vicente de Barros, moradora do bairro São Francisco, popularmente conhecido por "aza sul", em Cajazeiras-PB, foi brutalmente agredida após ter encontrado uma trouxinha semelhante a "pedra de crack" no lixo.

Alguns populares informaram que a mesma teria entregado a substância aos seus devidos donos, mas ainda assim ela foi brutalmente agredida por duas mulheres e filmada, sendo o vídeo divulgado nas redes sociais.

Damiana é mãe de três filhos e infelizmente dependente química. Ela é catadora de reciclagem e vive nas ruas de Cajazeiras, todos os dias, fazendo esse trabalho.


Os populares do Bairro estavam ligando para o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) para socorrer a jovem, mas não tiveram retorno e atenção do serviço. Quando nossa equipe chegou ao local, de imediato fez uma ligação para o mesmo, reforçando o chamado. Segundo moradores, a ligação foi feita por volta das 18h e o SAMU chegou a cerca de 21h, após a chegada da nossa equipe.


OUTRO DEPOIMENTO NO LOCAL:

Populares alegaram que o seu companheiro, a qual a mesma reside, soube do ocorrido e novamente teria agredido a mesma juntamente com seu pai. Em seguida foi jogada para a calçada, desmaiada. Uma vizinha teria dado o apoio e acionado o socorro.

A polícia militar esteve no local dando apoio ao SAMU e orientou a família a prestar um B.O. na delegacia.

Diante dos fatos, nossa equipe ficou chocada com o fato de a polícia não ter chamado reforço e ter ido em busca de prender as acusadas, pois ainda estava em fase de flagrante.

Pelo que vemos no local, é uma pessoa humilde e que infelizmente deixou de ter o atendimento, como assim é de direito.


Confira o vídeo divulgado do momento da agresão e atendimento:




Fonte: Sertão da Paraíba

Una Extintores Cajazeiras-PB
Cajazeiras Gesso

Comentários