Clinica Crescer

'Vambora, com muito amor no coração', escreve Regina Duarte, sem dizer se entrará para o governo

Atriz foi convidada pelo presidente Jair Bolsonaro para assumir a Secretaria Nacional da Cultura e tem reunião com ele nesta segunda. Atriz Regina Duarte participa de [...]

Por Redação em 21/01/2020 às 09:19:11


Atriz foi convidada pelo presidente Jair Bolsonaro para assumir a Secretaria Nacional da Cultura e tem reunião com ele nesta segunda. Atriz Regina Duarte participa de seminário, em imagem de 2016

Flavio Moraes/G1

A atriz Regina Duarte escreveu em uma rede social nesta segunda-feira (20) que terá uma conversa "olho no olho" com o presidente Jair Bolsonaro no Rio de Janeiro. Ela termina o texto dizendo: "vambora, com muito amor no coração". Em nenhum momento, a atriz confirma se vai aceitar o convite do presidente para assumir a Secretaria Nacional da Cultura.

"Olha só , querido seguidor, que dia importante para ter sido chamada ao Rio para uma conversa 'olho no olho' do nosso Presidente da República", postou Regina Duarte.

"De tudo quero tirar uma lição , um aprendizado . E vambora ! Com muito amor no coração", concluiu a atriz.

A postagem faz referência ao dia de São Sebastião, padroeiro do Rio, celebrado nesta segunda-feira (20). "Olha quanta simbologia contém a vida deste homem santo . Tenho sido -e quero continuar sendo - GRATA à VIDA por tudo que ela me apresenta", diz a mensagem.

Até as 14h30, o post já tinha respostas de outros atores, como Narjara Turetta e Márcio Garcia. A deputada Carla Zambelli (sem partido-SP), aliada de Bolsonaro, também comentou na postagem.

Secretário demitido

Na sexta-feira (17), o então secretário nacional de Cultura, Roberto Alvim, foi demitido por Bolsonaro. Alvim publicou nas redes sociais um vídeo no qual faz um discurso com frases semelhantes às usadas por Joseph Goebbels, ministro da Propaganda do governo nazista de Adolf Hitler.

Roberto Alvim, secretário de Cultura do presidente Jair Bolsonaro

Reprodução/TV Globo

O nome de Regina Duarte surgiu dentro do governo como o favorito para a vaga de Alvim. Até esta segunda, ainda não havia uma confirmação se a Cultura permaneceria como secretaria vinculada ao Ministério do Turismo, ou se voltaria a ter status de ministério.

Na agenda oficial da Presidência para esta segunda, não consta a conversa com a atriz. Bolsonaro viajou para o Rio nesta manhã. Na agenda, estão marcados uma reunião com o prefeito da cidade, Marcelo Crivella, e um almoço com oficiais da Marinha.

Assim como Goebbels havia afirmado em meados do século XX que a "arte alemã da próxima década será heroica" e "imperativa", Alvim afirmou que a "arte brasileira da próxima década será heroica" e "imperativa"

Compare as falas:

Alvim

"A arte brasileira da próxima década será heroica e será nacional, será dotada de grande capacidade de envolvimento emocional, e será igualmente imperativa, posto que profundamente vinculada às aspirações urgentes do nosso povo – ou então não será nada"

Goebbels

"A arte alemã da próxima década será heroica, será ferreamente romântica, será objetiva e livre de sentimentalismo, será nacional com grande páthos e igualmente imperativa e vinculante, ou então não será nada"

Initial plugin text

Fonte: G1

Tags:   G1
Una Extintores Cajazeiras-PB
Cajazeiras Gesso

Comentários