Policial

Notícias

Policiais informaram que ninguém foi preso, mas que imagens de câmeras de segurança estão sendo usadas para identificação dos assaltantes e dos veículos usados no crime.

A perícia foi acionada para identificar a causa da morte de Deysiane.

A mulher foi identificada como Nety Silva, de 44 anos, proprietária de um salão de beleza na avenida Juiz Federal Genival Matias. Ela teria sido alvejada por dois tiros a queima roupa.

As vítimas foram socorridas pela equipe do SAMU para o Hospital Regional de Cajazeiras (HRC).

De acordo com informações, o motociclista seguia pela rua e não obedeceu a sinalização de parada no cruzamento, sendo colhido violentamente pelo veículo.