Política

Notícias

A tempestade política culminou na exoneração de Maurício Alves, peça chave para que a corrupção sistêmica funcione dentro do órgão de trânsito.

Visivelmente irritado, Ricardo Coutinho chamou o jornalista de calhorda e se irritou ainda mais quando foi acusado de receber uma pensão ilegal de R$ 23 mil como ex-governador.

Em entrevista, Efraim disse que é preciso maturidade para lidar com as diferenças, pois o que os une é algo maior, são os interesses da Paraíba.

Sobre os possíveis nomes, Efraim se colocou à disposição, mas também lembrou do deputado Felipe Leitão e do ex-deputado Raoni Mendes.

Os líderes empresariais estão se posicionando como mediadores entre o governo e o Congresso.

"Witzel é candidato em 2022", disse Fontenelle após a resposta de Witzel.